Tecnoval – Lorena/SP recicla 97% dos solventes

Desde a sua fundação, em 1995, a Tecnoval tem um sólido histórico de investimento em tecnologias inovadoras, as quais priorizam a sustentabilidade. Dentro deste cenário, há dez anos, foi inaugurada a Usina de Reciclagem de Solventes, que é capaz de reciclar 97% de todo o solvente usado na unidade de Lorena. Esse processo impacta em uma redução significativa das emissões de CO2, diminuindo a nossa pegada de carbono e protegendo a atmosfera e o meio ambiente.

Mais benefícios do processo de reciclagem

O grande benefício da reutilização dos solventes é o não impacto ao meio ambiente. Sem a usina, o solvente seria descartado e adquirido novamente para atender ao processo dentro da empresa. Além disso, considerando este formato, a Usina de Reciclagem de Solventes impede que esse material seja liberado na atmosfera, trazendo inúmeros benefícios. Portanto, ao reciclar esse produto, os impactos positivos estão alinhados aos seguintes itens:
• manutenção dos ecossistemas;
• menor dano à camada de ozônio;
• redução do efeito estufa.
Ao mesmo tempo, a recuperação do solvente torna o processo de produção mais dinâmico e com uma otimização dos gastos da própria empresa, cumprindo com mais um pilar de sustentabilidade.

Como funciona a Recuperação de Solvente

Durante o processo de impressão, utiliza-se ar atmosférico aquecido para secagem da tinta que foi aplicada no filme. Este ar aquecido, que é insuflado na estufa, acelera o processo de secagem da impressão, fazendo com que o solvente contido na tinta se evapore.
O ar contido dentro da estufa se torna rico em vapores de solventes e é aspirado por exaustores e enviado para o processo de recuperação. Após passar pelo processo de reciclagem, ele volta para a linha de produção.